quinta-feira, 23 de junho de 2011

CONVENTO DOS GRILOS - PORTO, A MINHA CIDADE NATAL!





* A "IGREJA E COLÉGIO DE SÃO LOURENÇO" (popularmente conhecida pela "Igreja dos Grilos"), é um conjunto de edifícios religiosos na cidade do Porto (na freguesia da Sé).
* Construidos pelos jesuítas em 1577 em estilo maneirista barroco-jesuítico, financiados por doações de fiéis, assim como de Frei Dom Luís Álvaro de Távora (nasceu em 17.Março.1634), aqui sepultado; a Igreja e o Covento de São Lourenço foram erguidos com forte oposição da câmara e da população. No entanto, os seguidores de Santo Inácio de Loyola acabaram por conseguirfundar o tão ambicionado colégio com aulas gratuitas, o que fez com que conquistasse rapidamente um notável êxito.
* A oposição da população não era dirigida aos jesuitas, mas ao colégio que pretendiam instituir devido aos privilégios que os cidadãos tinham que impediam a permanência de nobres e fidalgos dentro da cidade, por um período superior a três dias. Assim sendo o colégio que seria construido, chamaria filhos de nobre e fidalgos que obrigatoriamente teriam de residir na cidade, mas através de algumas artimanhas dos religiosos a oposição dos burgueses foi ultrapassada. 
* Com a expulsão dos jesuitas no ano de 1759, por ordem do Marquês de Pombal (Sebastião José de Carvalho e Mello), a igreja foi doada à Universidade de Coimbra até à sua compra pelos Frades Descalços de Santo Agostinho que ali ficaram entre os anos de 1780 a 1832. Estes frades vieram de Espanha em 1663, instalando-se, de início, em Lisboa, no Sítio do Grilo, onde rapidamente ganharam a simpatia da povoação, ganhando o nome de "frades-grilos", dando assim origem ao nome da igreja onde estiveram no Porto.
* Durante o Cerco do Porto, os frades viram-se obrigados a abandonar o convento, tendo sido este ocupado pelas tropas liberais de Dom Pedro. O Batalhão Académico, integrando Almeida Garrett, instalou-se lá. Hoje o convento é pertença do Seminário Maior que o ocupa desde o passado ano de 1834 (século XIX).


Compilado em Gondomar, por "texasselvagem"
NOTAS: Sendo todos os parênteses () devidos a buscas efetuadas pelo autor, estes só a ele vinculam.
                Texto redigido segundo as normas do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

Sem comentários: