quinta-feira, 18 de agosto de 2011

QUINTA DE VILA MEÃ!

* (Como preito de gratidão pela minha terra de coração e de matrimónio, segue mais um rascunho. Não confundir o texto com uma outra quinta "casa de Vila Meã" que se situa na freguesia de Capela, do concelho de Penafiel.)
* A "QUINTA DE VILA MEÃ" está situada próximo da Rotunda de Campanhã, nesta freguesia do concelho do Porto (acesso para a Via de Cintura Interna  do Porto - VCI). Esta quinta foi construida e habitada pela família Vieira entre os séculos XIV e XIX.
* No ano de 1886 foi vendida a José Joaquim Pereira de Lima. Nessa altura a quinta dividia-se em "Casal de Baixo" e "Casal de Cima" que, no seu conjunto, englobavam:
1. - Casa Nobre,
2. - Capela (dedicada a Nossa Senhora dos Anjos),
3. - Jardins,
4. -Pomares,
5. -Lago,
6. -Casas para os caseiros e,
7. -Mais de 25 (vinte e cinco propriedades (que iam dos lugares de Godim ao Fojo, incluindo Lameira, Corujeira, Monte Escoural e Bonjóia) - alguns destes lugares ainda predominam, nos nossos dias, com estas designações, vide Bonjóia, Godim, Corujeira e Lameira (São Roque da).
* Por volta do ano de 1920 a "Quinta de Vila Meã" foi vendida à família Mitra, razão pela qual é também conhecida por "Quinta da Mitra", sendo que a Rotunda de acesso à VCI é denominada, popularmente, por "Rotunda da Mitra".
* Aliás, grande parte dos terrenos onde dantes era a quinta são hoje ocupados pela VCI (via de cintura interna).
* Na estrada para Azevedo (de Campanhã) pode-se ainda ver - em deplorável estado de conservação - a casa nobre e a capela, que são ainda pertença dos herdeiros daquela família.

Compilado em Gondomar, por "texasselvagem"

NOTA DO AUTOR: Texto redigido ao abrigo do atual Acordo Ortográfico para a Língua Portuguesa.

FONTES DE PESQUISA: "Wikipédia livre" e enciclopédia sobre "Grandes Quintas situadas na freguesia de Campanhã e no concelho do Porto".

Sem comentários: